O porquê dos suicídios?

23/11/2016 17:16
   
 
     As vezes viver simplesmente doi. Acordar pela manhã é um sofrimento sem fim. Nos perguntamos por que vivemos? Normalmente a resposta de um depressivo é essa: "Não vivo, eu existo"
Quem não vive a depressão, não entende como pode doer tanto, como o sofrimente pode tomar proporçoes tão gritantes. Como o silêncio pode ser ensurdecedor. 
    O dia perde as cores, o sol perde o calor. A noite vem como facas que cortam. Passamos a conviver com a dor, a sentar à mesa com ela. Passamos a simplesmente esperar. Esperar para viver, esperar para morrer ou por uma redenção.
    Sentar à mesa com a dor é ter a sensação do vazio, é não ter para onde ir, é dividir sua vida com o inimigo, é estar a mercê de a qualquer momento perdermos o apetite e deixarnos cair...
 
Deixar o vazio da nossa presença;
Deixar a lembrança do nosso sorriso;
Deixar as marcas nos pensamentos das pessoas;
Simplesmente nem nossa sombra voltar;
Somente ficará a chuva.
 
Existem várias personalidades suicidas:
  • O Esquizofrênico - Se suicida por um ato de loucura;

  • O crente - Se suicida por um ato de fé, normalmente porque acha que ganhará favores do seu Deus;

  • O neurótico - Se suicida por um erro de cálculo. Na verdade não quer cometer o suícido, porém erra no "cálculo e se suicida;

  • O depressivo - Planeja seu suicídio como uma fuga à profunda dor que está sentido. Se culpa por ter feito um "ato falho" e com isso perde o sentido da vida. Não tem nada que o mantenha estável sentimentalmente, que lhe de forças para seguir vivendo (um(a) companheiro(a), um bom trabalho, , filhos ou uma família).

"muitas vezes, as pessoas com ideias suícidas não dão sinais de depressão e as pessoas têm a impressão que sua vida é perfeita, porém não conhecem sua intimidade. Existem pessoas ainda que demonstram uma vida social que aparentemente tudo está bem."

 

Muitos adolescentes que vivenciam problemas pessoais, como familiares, situações de ordem jurídica, uso de drogas, conflitos internos por sua orientação sexual, entre outros conflitos, pensam no suicídio como válvula de escape dos problemas. Nessas situações, os pais e as mães devem se manter muito atentos a mudanças de conduta que podem apresentar. Devem escutar os anceios dos adolescentes para ajudá-los a resolver as situações que lhes afetam.

 

Como identificar uma situação de alerta?

  • Suicída geralmente anuncia o que irá fazer;

  • Precisa-se prestar atenção em toda pessoa que diz que irá se suicidar;Importante nunca deixar a pessoa suicída sozinha;

  • Não tente resolver as coisas sozinho, pessoas com ideias suicídas precisam de um profissional de saúde mental.

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!